Como engraxar os sapatos do seu camião

Como engraxar os sapatos do seu camião

Os pneus de camião são uma das componentes mais importantes do veículo. Uma vez que são o único ponto de ligação ao solo, representam o fator segurança, tanto do veículo, como dos seus ocupantes. A sua performance e durabilidade são garantidas quando ocorre uma correta utilização dos mesmos.

Para além da segurança, uma das grandes preocupações das empresas, que utilizam o camião para prestarem os seus serviços, é a minimização de custos, sendo por isso imprescindível adotar alguns comportamentos no que toca à manutenção dos pneus de camião.

Na CARPNEU aconselhamos seguirem os seguintes comportamentos, de forma a aumentar a longevidade dos pneus de camião, a melhorar a sua performance e a manter a segurança dos ocupantes do veículo:

1- Ter atenção na hora de escolher a marca dos pneus de camião

Existem várias marcas de pneus de camião presentes no mercado, algumas delas com preços bastante atrativos, mas que deixam a desejar em termos de segurança e performance, principalmente em piso molhado.
Na CARPNEU recomendamos a aquisição de pneus fabricados dentro da União Europeia, por seguirem as normas de segurança, testadas inúmeras vezes antes de serem comercializadas. Enumeramos algumas delas: Continental, Michelin, Goodyear, Dunlop, Pirelli, Bridgestone.

2- Efetuar um alinhamento de direção regularmente

O alinhamento de direção permite regular os ângulos de direção e suspensão do veículo, permitindo colocar as rodas perpendiculares ao solo e paralelas entre si.
Ao efetuar um alinhamento de direção ao camião, regularmente, são evitados desgastes irregulares dos pneus, evitando a sua substituição antecipada.
Com uma condução em condições normais (velocidade, carga, piso), a CARPNEU recomenda efetuar um alinhamento de direção ao camião de 20.000 km em 20.000 km.

3- Verificar a pressão dos pneus de camião antes de iniciar qualquer viagem

A alta ou baixa pressão dos pneus origina o seu desgaste excessivo, podendo levar à ocorrência de outras anomalias no veículo ou até mesmo a um maior gasto de combustível.
Desta forma, devem ser seguidas as pressões de pneus recomendadas pelo fabricante, devendo ser adaptadas à carga do camião.

4- Efetuar a rotação dos pneus

Viagens longas, que exigem também maior velocidade, e cargas pesadas contribuem para um maior desgaste dos pneus, que ocorrem muitas das vezes de forma irregular.
A rotação dos pneus consiste na transposição dos pneus do lado esquerdo para o lado direito, e vice-versa. Este comportamento permite a ocorrência de um desgaste do piso dos pneus de camião mais regular e uniforme, bem como, prolongar a vida útil dos pneus, diminuindo custos.
Os especialistas da CARPNEU recomendam efetuar a rotação dos pneus de camião no máximo de 50.000 km em 50.000 km.

5- Distribuir a carga do camião pelas rodas

Os diferentes pneus de camião são concebidos para transportar determinada carga, assim tal como é necessário adquirir pneus tendo em conta o índice de carga, é igualmente imprescindível distribuir a carga do camião pelas rodas, mesmo que a carga seja pouca. Uma distribuição irregular de carga no camião pode diminuir o tempo de vida útil dos pneus em cerca de 55%.

6- Verificar o estado do piso dos pneus

Por questões de segurança do veículo e dos seus ocupantes, legalmente e segundo o Decreto Regulamentar n.º 7/98, artigo n.º6, o piso dos pneus de automóveis de peso bruto superior a 3500 kg devem apresentar no mínimo 1,0 mm em toda a circunferência da zona de rolagem, embora a CARPNEU recomende a substituição aos 2,00 mm, por questões de segurança. Por esse motivo é aconselhado verificar o estado do piso dos pneus de forma regular, prevenindo acidentes e/ou coimas.

 

Autor convidado

parceiro de referência em pneus

Com quatro oficinas especializadas em Famalicão, Braga, Ponte de Lima e Porto, a Carpneu disponibiliza aos seus clientes vários serviços relacionados com a manutenção do automóvel, desde substituição de pneus, revisões completas, mecânica geral, reparação e substituição de vidros.