Tive um Acidente e Agora?…

Tive um Acidente e Agora?…

Quem anda à chuva molha-se…e quem anda na estrada, o dia todo, está sujeito a acidentes.

A melhor forma de “resolver” um acidente é evitá-lo! Quando, apesar de toda a precaução, não é possível evitá-lo, devemos ter presente os cuidados a ter em caso de Acidente, evitando mais constrangimentos desnecessários.

Permitam-me que partilhe convosco a história do nosso colega conhecido como “Herói do Asfalto”. Para terem uma ideia, façamos uma breve descrição da “personagem”: 1,90m de altura, de porte atlético, moreno, cabelo preto, com mais de 20 anos de experiência na estrada na função de motorista.

Um belo dia, há cerca de um ano atrás, dia 9 de Janeiro, eram umas 17h, estava um frio terrível e tinha começado a chover ao início da tarde, o telefone toca…dificilmente esquecerei aquele dia.

Eu – Olá “Herói do Asfalto” – Como habitualmente o tratava;

Ele (bastante agitado) – Nem sei como lhe dizer isto…

Eu – Sim…

Ele – Acabei de ter um Acidente Grave e agora o que é que eu faço?…

Eu –Há feridos? Alguém se magoou? (sou uma pessoa pragmática e objetiva e já tive formação em Risco)

Ele (com uma voz trémula e nervosa) – Sim, e parece muito grave. O que é que faço? Diga-me o que é que eu faço?

Eu – De uma forma muito tranquila, no entanto assertiva, a primeira coisa que vai fazer depois de desligar o telefone é ligar para o 112, dar as coordenadas do local e a indicação de que existe um ferido grave, e responda a tudo o que lhe perguntarem. Entretanto se precisar volte a ligar.

 

Posteriormente o “Herói do Asfalto”; voltou a ligar e para além de o tranquilizar, dentro da circunstância, dei-lhe indicação de todos os dados que tinha de recolher, todos os procedimentos a cumprir para agilizar a resolução do sinistro.

Em geral, temos a tendência de supor que estas coisas não acontecem connosco, de tal forma que nem as equacionamos sequer. Estas situações paralisam o mais bravo dos heróis, por esse motivo decidi partilhar convosco algumas Dicas simples mas eficazes e muitas vezes esquecidas no “calor do momento”.

 

5 Dicas Essenciais a ter em conta quando ocorre um sinistro

 

1. Mantenha-se sereno e verifique se existe alguém ferido. Se existir ligue de imediato para o 112

2. Certifique-se que se mantém seguro no local do sinistro, sinalizando devidamente o veiculo bem como as pessoas, através da colocação do seu colete refletor e do triângulo. Para além de garantir a segurança de quem esteve envolvido no sinistro, evita novos sinistros. Se o Sinistro ocorrer na Autoestrada ou vias rápidas, sugerimos que vá se possível para fora da estrada e aguarde pelas autoridades. Garanta sempre a sua segurança e de quem está consigo

3. Se existirem feridos, dê todo o apoio necessário para garantir o seu conforto, antes da chegada dos meios de socorro

4. Tire o máximo de informação possível acerca dos intervenientes e do sinistro: dados pessoais, dados dos veículos, fotos, e localização exata

5. Sempre que possível, faça de imediato a participação do sinistro.

Existem várias formas de fazer a participação, como é o caso do preenchimento da conhecida DAAA (Declaração Amigável de Acidente Automóvel). Apesar de ter os mesmos dados que a DAAA, vamos explorar a participação eletrónica, através da e-segurnet, por ser mais prática e célere

 

E-segurnet

É uma alternativa à DAAA (Declaração Amigável Acidente Automóvel).

Trata-se uma Aplicação desenvolvida com a colaboração de todas as seguradoras, que operam em Portugal, facilitando e agilizando a sua participação e resolução.

 

Vantagens ROTA

1 – Rápido

Após preenchimento, informa automaticamente as seguradoras envolvidas, evitando atrasos e perdas de tempo com deslocações;

2 – Objetivo

Utiliza a geolocalização e a câmara do telemóvel de forma a documentar melhor a ocorrência;

3 – Total

Identifica intervenientes, local, viaturas envolvidas e feridos permitindo, uma descrição total do acidente;

4 – Amigável

Permite entendimento entre as partes envolvidas.

 

Esta aplicação encontra-se disponível para desktops e dispositivos móveis, através da página da APS – Associação Portuguesa de Seguradores em  www.e-segurnet.pt.

Está igualmente disponível um Tutorial em Vídeo que ilustra todos os passos necessários para utilizar a plataforma.

 

Em que situações podemos utilizar a E-segurnet?

  • Quando o seguro está válido em Portugal;
  • Quando todos os veículos intervenientes estão seguros em Portugal;
  • Se tiver acesso à internet;
  • Se tiver um dispositivo IOS, Android ou Windows Phone;
  • Se souber o nome legal da companhia de seguros (não a marca). Por exemplo a Companhia de Seguros Via Direta atua sob várias marcas como a Ok Teleseguros, Seguros Continente (corretor MDS) e Ipronto

 

Em caso de alguma dificuldade com o programa podemos contactar a APS através do e-segurnet@apseguradores.pt. Se for uma questão com o seguro, devemos contactar a seguradora.

Aconteça o que acontecer, estando nós envolvidos no acidente, como sinistrados e vítimas, devemos manter a serenidade e objetividade, pois só desta forma a resolução é mais célere e menos penosa.

Por esta altura, muitos devem perguntar-se sobre o que aconteceu ao ferido grave. Pois…infelizmente não sobreviveu. Apesar da responsabilidade não ter sido do nosso colega, esta situação abalou-o profundamente. Felizmente conseguiu ultrapassar e, neste momento, é o “Herói do Asfalto” que assegura a formação de Condução Prudente e Segura na empresa.